Nosso Patrono – São José

“Quando eu tenho um problema ou uma dificuldade, eu o escrevo em um papelzinho e o coloco embaixo de São José, para que ele sonhe sobre isso”

O Papa Francisco revelou quem o ajuda a resolver problemas e superar dificuldades: São José, o pai adotivo de Jesus e patrono da Igreja. No encontro com as famílias filipinas em Manila, em janeiro de 2015, o pontífice contou como se confia à intercessão do santo:

“Eu gostaria de dizer a vocês também uma coisa muito pessoal. Eu gosto muito de São José porque é um homem forte e de silêncio. No meu escritório, eu tenho uma imagem de São José dormindo, e dormindo, ele cuida da Igreja. Quando eu tenho um problema ou uma dificuldade, e o escrevo em um papelzinho e o coloco embaixo da imagem de São José, para que ele sonhe sobre isso. Isso significa: para que ele reze por este problema”, afirmou.

O Papa falou sobre esse hábito durante discurso às famílias, ao citar o santo como modelo de silêncio, abandono em Deus, mas também de ação. São José é citado nos Evangelhos repousando enquanto lhe é revelada a vontade divina em sonho.

Buscamos em São José este modelo de fidelidade à vontade de Deus. Olhamos para ele e reconhecemos virtudes que precisamos buscar para portarmos Deus para o mundo.

São José é justíssimo, castíssimo, prudentíssimo, fortíssimo, obedientíssimo, fidelíssimo, espelho de paciência, amante da pobreza, modelo dos trabalhadores, honra da vida de família, guarda das virgens, amparo das famílias, consolação dos infelizes, esperança dos doentes, patrono dos moribundos, terror dos demônios e protetor da Santa Igreja, mas mesmo que ele não tivesse tais virtudes, o teríamos como nosso Patrono pelo simples fato dele ser o Pai adotivo de Jesus e Esposo da Virgem Maria.

Nossos baluartes

 

Santa Teresa d’Ávila

Na ascese teresiana goza um papel importante a atitude decidida e totalitária de entrega a Deus. Teresa a chama “determinada determinação”, com uma frase muito sua na qual quis realçar a fortaleza e a totalidade da entrega a Deus. “Determinar-se” é começar uma nova vida; “determinada determinação” ‘’é encurtar as distâncias e fazer de tudo para não voltar atrás; é fazer uma “opção fundamental” por Cristo, como agora diremos.

Buscamos, a exemplo desta grande mística da Igreja, sermos determinados na busca pela Santidade amando a Jesus Cristo em todas as situações

 

 

 

 

 

São João Paulo II

Nesses quase 27 anos de pontificado, o Papa São João Paulo II contribuiu eficazmente para o resgate do jovem como aquele que é capaz de servir, aquele que sabe colaborar para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna. Ele nunca se cansou de professar que “nos jovens há um imenso potencial de bem e de possibilidade criativas (…). Nós precisamos do entusiasmo dos jovens. Temos necessidade da alegria de viver que os jovens têm”.

É interessante lembrar que na Jornada Mundial da Juventude em Toronto no Canadá, no ano de 2002, o Santo Padre proferiu as seguintes palavras aos jovens: “Quando a luz vai diminuindo ou desaparece totalmente, deixa-se de poder distinguir a realidade circundante. No coração da noite, pode-se sentir medo e insegurança, aguardando-se então com impaciência a chegada da luz da aurora. Amados jovens, é o vosso turno de ser as sentinelas da manhã (cf. Isaías 22, 11-12) que anunciam a chegada do sol que é Cristo ressuscitado”

Portanto buscamos em São João Paulo II a sua intercessão para que possamos a cada dia mais com nosso carisma atrair os jovens para uma vida nova em Jesus Cristo. A Theófora confia e acredita, assim como ele, na força que o jovem tem quando investi suas energias na evangelização e na busca em construir o Reino de Deus aqui nesta terra.

 

São Pio de Pietrelcina

São Padre Pio de Pietrelcina é um dos maiores místicos de nosso tempo. Nos ensinou o amor radical ao coração de Jesus e a sua Igreja. Sua vida era oração, sacrifício e pobreza.

Herdeiro espiritual de São Francisco de Assis, foi o primeiro sacerdote a ter impresso sobre o seu corpo os estigmas da crucifixão de Jesus Cristo. Ele é conhecido em todo mundo como o “Frei” estigmatizado.

Padre Pio, a quem Deus deu dons particulares e carismas, se empenhou com todas as suas forças pela salvação das almas. Os muito testemunhos sobre a grande santidade do Frei, chegam até os nossos dias, acompanhados de sentimentos de gratidão. Suas intercessões providencias junto a Deus foram para muitos homens causa de cura do corpo e motivo de renovação do espírito.

A vida mística consiste nas relações espirituais da criatura com seu Deus Criador, de caráter mais íntimo do que o comum, e que se manifesta de muitas maneiras, sobre tudo com êxtases, aparições, revelações de caráter particular etc…

Encontramos em São Pio muitas experiências místicas que se relacionam com aquelas vividas em nossa comunidade e de forma bem particular por nossa fundadora. Por isso pedimos sua intercessão, para que possamos sempre crescer na vida de oração e ascese espiritual, dando a liberdade para que Deus haja no meio de Deus e por nós da forma como Ele bem quiser.

Nos Ajude